Lesão Medular: Reabilitação Gratuita

Lesão Medular — Foram abertas pelo Crelame (Centro de Reabilitação de Lesados Medulares) vagas para atendimento gratuito a pessoas com lesão raquimedular paraplegia. O Centro é um projeto de extensão do curso de Fisioterapia da Faculdade Estácio de Campo Grande e existe há quase dez anos, atendendo então a comunidade.

As vagas são preferencialmente para pessoas com lesão de até 18 meses. O tratamento varia de um a dois anos, dependendo do caso, e conta com o acompanhamento de fisioterapeutas e acadêmicos, visando estimular o máximo de autonomia para o paciente em suas tarefas cotidianas.

Lesão medular: recuperação da independência

Segundo o professor Leandro Hubner, coordenador do curso de Fisioterapia da Estácio e do Crelame, além dos exercícios e estímulos padrão, os pacientes são motivados a realizarem sozinhos as tarefas do dia-a-dia, como fazer a higiene corporal, andar de ônibus, dirigir e cumprir as tarefas domésticas.

“Muitos pacientes não acreditam que são capazes de realizar certos movimentos e atividades, mas havendo o estímulo correto e a mudança de postura, todos ganham mais independência e qualidade de vida”, comenta Hubner.

Troca de experiências entre vítimas de lesão medular

O professor ainda destaca que existe uma troca riquíssima de experiência entre os pacientes durante os encontros, o que também contribui para o desenvolvimento de cada um deles, inclusive na esfera de direitos garantidos aos cadeirantes.

Os interessados no atendimento devem entrar em contato pelos telefones (67) 3348-8841 ou 3348-8842, de segunda à sexta-feira, das 14h às 17h.

Fonte: Campo Grande News

Lesão medular – Belíssima iniciativa

São de iniciativas assim que nosso Brasil tanto precisa. Principalmente em uma época onde só assistimos pessoas que se servem do Brasil em vez de servi-lo.

Parabéns a todas as pessoas envolvidas neste brilhante e até emocionante projeto, que visa a apenas e tão somente ajudar o semelhantes, proporcionando recuperação na medida do possível e mais independência às vítimas de lesão medular.

Vamos divulgar e ajudar mais pessoas. Basta um clique em suas redes sociais.

Junte-se a nós!

Deixe seu e-mail e receba vídeos e dicas imperdíveis para você ter qualidade de vida!>

O que você achou? Deixe seu comentário: