O poder dos eleitores com deficiência

Os eleitores com deficiência e seus familiares têm o poder, literalmente, de eleger um Presidente da República. Ao longo dos anos não temos usado esse nosso fantástico poder eleitoral como deveríamos. Neste ano de eleições, podemos escolher o deputado (federal ou estadual) que bem entendermos. É o momento de colocarmos lá aqueles que verdadeiramente têm história de defesa da causa. Preferencialmente quem vive o problema em sua própria casa ou em seu próprio corpo. Por que não?

O que você achou? Deixe seu comentário: