Rodinha da frente da cadeira, qual a melhor?

Rodinha da frente — O mercado oferece os mais variados modelos de rodas dianteiras para os cadeirantes. Mas a maioria desses modelos não traz muita eficácia para o nosso dia a dia.

Ao longo de minha vida já experimentei praticamente todos os tipos, de todos os materiais e de todos os tamanhos.

Resolvi usar essa experiência e gravar um vídeo para te orientar a ir direto ao ponto, em vez de comprar e errar dezenas de vezes como eu já fiz.

Na verdade, eu nem errei, a indústria que ainda não tinha determinados modelos e certos tipos de material. Essa é uma área que evoluiu muito nos últimos anos. Mas vamos ao vídeo.

Rodinha da frente da cadeira, qual a melhor?

Uma das coisas mais problemáticas em uma cadeira de rodas são as rodinhas da frente. Elas costumam travar diante de qualquer pequeno obstáculo. Quando não travam, trepidam muito quando passam sobre terrenos irregulares.

Rodinha da frente da cadeira, qual a melhor? – Já usei os mais diversos tipos de rodinhas dianteiras em minhas cadeiras de rodas. As do tipo emborrachadas são as que mais trepidam. Além disso, elas são muito pesadas e isso reflete no final do dia nas dores que você irá sentir em seus braços.

Rodinha da frente da cadeira, qual a melhor? – existem ainda as rodas infláveis, mas furam com muita facilidade. Além do mais, esvaziam com muito rápido e isso faz com que qualquer manobra na cadeira se torne bastante pesada.

As rodas de gel em princípio são muito boas, são lisas e fornecem boa manobrabilidade. Entretanto, com pouco tempo de uso, elas acabam se tornando muito aderentes ao solo, e isso faz com que a cadeira fique muito pesada e de difícil manobra.

Ultimamente em conheci as rodinhas de alumínio revestidas de borracha ou um material sintético que o valha, que são espetaculares. São essas que estou usando em minha atual cadeira de rodas, e, portanto, são as que eu recomendo. Lembrando sempre que o tamanho é de 6 polegadas.  Este é o mais indicado.

O que você achou? Deixe seu comentário: